Planejamento

A SOLUÇÃO DA OBRA ESTÁ NO PLANEJAMENTO


Plan2_1181.jpg



Oportunidade

A estabilidade da economia, o aumento do volume de trocas com o exterior, a crise do meio-ambiente, a crescente exigência e cobrança do cliente, a internet, fontes externas de financiamento com objetivos específicos, entre outros fatores, vem ampliando rapidamente o escopo da competição na Indústria da Construção. Estes fatores incrementam sensivelmente a complexidade inerente ao setor, e demanda de empresas a definição de estratégias para enfrentar os desafios colocados.


A célula básica das empresas do Setor da Construção é o canteiro de obras. Projetos e outros documentos técnicos são informações, a espinha dorsal da obra. Detalhar projetos é produzir informações, significa remover áreas de incerteza do processo construtivo: elaborar estratégias de abordagem da obra, planejar minuciosamente os cursos de ação, buscar formas mais eficientes de fazer a mesma coisa, e controlar a execução para assegurar que as metas serão alcançadas. Isso é engenharia.


Para a engenharia projeto é investimento. Prevalece o entendimento de que o sucesso em um mundo competitivo é função da busca por objetividade, qualidade e produtividade. Na etapa de projetos são definidos os principais elementos de custo, a qualidade e sustentabilidade de produto e processo. Também se determina a eficiência dos processos e sistemas construtivos, utilizados na busca para atender as necessidades de Clientes.

Projetos são os elementos integradores de ações estratégicas para manter o foco na busca por resultados.


Produto

Coordenação de Projetos – o objetivo é desenvolver um produto que seja resultado da melhor combinação possível entre estética, função, tecnologia, qualidade, prazo e custo.


A partir da visão ampla do empreendimento, a Coordenação irá planejar e controlar a produção e distribuição dos vários documentos técnicos.

O escopo deve ser acordado com o Cliente, porém, além de todos os projetos e os seus detalhes (incluindo especificações e detalhes construtivos), pode abranger a definição do produto, o orçamento, a análise econômico-financeira, o planejamento operacional, o projeto do canteiro, e o acompanhamento da obra. O objetivo é avaliar o impacto de decisões sobre o conjunto, e permitir tempo hábil para a escolha da melhor solução.


Para as empresas com volume suficiente, que acreditam ser viável reunir estrutura interna dedicada, a Scom pode auxiliar na implantação, desenvolvimento e avaliação da sua área de planejamento. As empresas preocupadas com a efetividade das suas estratégias e ações, mas que preferem uma estrutura enxuta, a Scom tem um conjunto de serviços destinados a suprir as necessidades de planejamento, utilização e controle de informações.


Serviços

  • Projetos de Arquitetura e Complementares;
  • Desenhos multidisciplinares com foco na produção;
  • Planejamento e controle do desenvolvimento;
  • Projeto de canteiro;
  • Planejamento operacional;
  • Fichas de avaliação;
  • Indicadores para avaliação de resultados;
  • Relatórios Periódicos;
  • Especificação de materiais;
  • Orçamento;
  • Estudo de Viabilidade Econômica e Financeira;
  • Cronograma de Execução;
  • Acompanhamento e monitoramento da obra.


Resultados Esperados

  • Foco nas necessidades do Cliente;
  • Racionalização da produção;
  • Aumento da produção em bancada para montagem no canteiro;
  • Aumento na previsibilidade de resultados;
  • Flexibilidade de produção;
  • Orientação para Resultados;
  • Incremento na competitividade;


Prazo

Período a ser acordado com o Cliente, podendo estender-se por toda a obra.


Público Alvo

Empresas construtoras e empreendedoras buscando soluções pontuais, de curto ou de longo prazo. Empresas de projeto, interessadas em verticalização, ou integração, ou parcerias.


Pessoas Jurídicas e Físicas com obras de maior porte.

A rigor qualquer projeto precisa de Coordenação devido à multidisciplinaridade de projetos, e a necessidade de integração.